Biblioteca Pública Municipal "Maria José Ferreira"


quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Dia 27 de Fevereiro é dia Nacional do Livro Didático

Vamos ler bastante?

O livro didático tem suma importância para o processo de aprendizagem no desenvolvimento do ser humano como aluno. Ele é fundamental para a formação das estratégias de ensino, pois norteia o caminho a ser  traçado pelo educador.

O Brasil já trata a questão como política pública através do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). O programa foi criado em 1985, e tem  como objetivo à distribuição de obras didáticas aos estudantes da rede pública de ensino brasileira. 

Os investimentos em livros didáticos a cada ano têm aumentado, em 2005 foram distribuídos 110.643.113  livros didáticos para o ensino fundamental das escolas públicas de todo o país, beneficiando 31 milhões de estudantes. Agora em 2011, foram mais de 135,6 milhões de livros adquiridos pelo PNLD, que investiu 880,2 milhões de reais. Isso faz com que o programa se torne o maior em aquisição de livros no mundo.  

Sendo um instrumento de apoio e que auxilia a maior  parte dos alunos, vamos valorizar o livro didático, é com  ele que descobrimos caminhos e aprendemos lições para o resto da vida. 

Fontes: PNLD
Artigo: Em Foco:  História, produção e memória do livro didático - Por Circe Maria Fernandes Bittencourt
Blog - IMPORTÂNCIA DO LIVRO DIDÁTICO – Feito por 

alunas da URCAMP - RS


quarta-feira, fevereiro 12, 2014

Música do Dia

Por Onde Andei - Nando Reis


Letra
Desculpe
Estou um pouco atrasado
Mas espero que ainda dê tempo
De dizer que andei
Errado e eu entendo

As suas queixas tão justificáveis
E a falta que eu fiz nessa semana
Coisas que pareceriam óbvias
Até pra uma criança

Por onde andei?
Enquanto você me procurava
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava...

Amor eu sinto a sua falta
E a falta
é a morte da esperança
Como um dia
Que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança

Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama

Por onde andei?
Enquanto você me procurava
E o que eu te dei
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava..

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!

Amor eu sinto a sua falta
E a falta
é a morte da esperança
Como um dia
Que roubaram o seu carro
Deixou uma lembrança.

Que a vida é mesmo
Coisa muito frágil
Uma bobagem
Uma irrelevância
Diante da eternidade
Do amor de quem se ama

Por onde andei?
Enquanto você me procurava
E o que eu te dei
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei?
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava...

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!

Por onde andei?
Enquanto você me procurava
E o que eu te dei
Foi muito pouco ou quase nada
E o que eu deixei
Algumas roupas penduradas
Será que eu sei?
Que você é mesmo
Tudo aquilo que me faltava

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!
Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! Ah!
Uh! Uh! Uh!


Link: http://www.vagalume.com.br/nando-reis/por-onde-andei.html#ixzz2t7n8Yn5o

segunda-feira, fevereiro 10, 2014

Prêmio Vinícius de Moraes

Centro Cultural prepara lançamento de antologia poética


O Centro Cultural "Salvador Lopes" deve lançar em março, com data a ser definida, a antologia poética "Prêmio Vinícius de Moraes", pela CBJE (Câmara Brasileira de Jovens Escritores). O livro tem 64 páginas e conta com 30 poesias classificadas no concurso realizado em 2013, ano do centenário de Vinícius de Moraes. A antologia foi organizada e patrocinada por Nicolly Bueno. O lançamento será feito durante uma confraternização entre poetas, organizadores do prêmio e colaboradores.
Segundo Bueno, a organização da antologia foi um desafio prazeroso."Ao receber as inscrições deparamo-nos com sonhos distintos de poetas em busca de reconhecimento, valorização e divulgação de suas obras. As avaliações minuciosas e subjetivas da Comissão Julgadora e a classificação tão aguardada revelam-se uma surpresa que nos emociona e nos comove. Um misto de alegria e aperto no coração se misturam; afinal temos que premiar apenas três trabalhos e os demais, não menos importantes, acabam sendo eliminados pela força do regulamento do concurso. Para mim que iniciei a minha carreira literária participando de eventos do gênero, a responsabilidade com aqueles que não tiveram suas poesias premiadas torna-se ainda maior. Foi por este motivo que lançamos esta antologia poética, como uma maneira singela de valorizar uma boa parte dos trabalhos inscritos no “Prêmio Vinícius de Moraes 2013”.
O concurso de poesias foi organizado pelos membros da Academia Venceslauense de Letras, Aparecido de Melo, Ari Florentino da Silva, Nicolly Bueno, Ada Roque e Arlinda Garcia de Oliveira Marques. A Comissão Julgadora foi composta por Maria Antonia Soares, Ana Lucia Ferraz, Adriana Moreira da Cunha, Alberto Pimenta de Oliveira e Rubens Shirassu.



Bom Dia

Que seu dia seja tão maravilhoso quanto a onda do mar.